CulturaEntretenimento
Tendência

CORINGA – CRIAÇÃO DE UMA SOCIEDADE VIOLENTA.

Conheça a historia desse personagem dos quadrinhos.

Uma obra de arte.

Se eu fosse algum entendido no assunto, iria falar do roteiro, da interpretação do ator que merece o Oscar, da película, da trilha sonora, que faz com que a pessoa seja cool no assunto.

Fora todos esses pontos que são fortíssimos e torna o filme algo grandioso gerando emoções internas, pelas quais me fizeram questionar:

Como uma história tão antiga (afinal eu cresci ouvindo falar do Batman, consequentemente do seu inimigo, o CORINGA) nunca foi mostrada (pelo que me lembro) por esse ângulo.

O ser humano tem o habito de criticar, conceituar, apontar sem ao menos tentar buscar saber sobre a vida, ou a história do outro.

Entristece quem vai ao cinema achando que é mais um filme de história de quadrinhos sobre super-heróis. Vejo ao sair do cinema, pessoas, perplexas, assustadas, por ver o que uma sociedade pode fazer com uma pessoa.

O filme mostra literalmente o nascimento de um serial Killer, os seus traumas, medos, porquês e o mais importante, a forma como ele sempre foi tratado. Por mais que sabemos que o Arthur é o maior inimigo do Batman, aos poucos vamos tendo empatia pelo personagem devido a forma como o Ator nos coloca dentro da cabeça do Coringa, um homem sem esperança que sofreu maus tratos a vida toda.

Fiquei feliz em sair do cinema e ver jovens presentes, afinal o bullying precisa parar de uma vez por toda. As pessoas precisam começar a aceitar o DIFERENTE, aceitar as formas de relacionamentos, começar a se permitir errar, e aceitar o erro do outro.

Interpretando algumas cenas.

“As pessoas estão começando a falar sobre mim” 

Coringa

 Preste atenção nas risadas que é um simbolismo de transformação do personagem. A cada cena que ele vai se tornando o Coringa que a gente conhece, a risada dele vai se modificando.

O mais importante é que nunca vamos saber ao certo o que é verdade, ou mentira. A partir de qual momento que ele está alucinando, já sabemos que ele tem muitas alucinações, isso o diretor nos conta quando mostra que ele não tem relação nenhuma com a vizinha, que é somente um feito da sua insanidade mental, como também a hora que ele é chamado para ir ao palco do show de tv. Sabemos que o grande sonho dele é ser reconhecido como artista, seria isso tudo que ele precisaria fazer para se tornar famoso? Ser capa de jornal e ter inúmeros fãs?

  Bom, isso não temos como saber, até porque pelo que tudo indica, não teremos sequência do filme.

Fotos: reprodução da internet.

Mostrar mais

João Marcos Scardoelli

Visagista, Hairstylist e Educador de L’Oreal Professionnel; " busco descobrir a estrela que existe em você".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios