Cultura

AS MÁSCARAS.

Sempre me coloco a pensar; pelos fatos e acontecimentos da vida, um dia queremos uma coisa, e no outro, já mudamos de ideia. Engraçado é que, quando gostamos, acabamos fantasiando, nos

enganando,  as vezes ( na maioria delas) construirmos máscaras para o outro usar ( sem que ele saiba, claro), porque realmente, só conseguimos enxergar aquilo que queremos ver, acho que é desse pensamento que surgiu a frase; ” O amor é cego”, e quando digo amor, não necessariamente precisa ser de corpo (relacionamento amoroso), pode ser de Pais para filhos, ou vice e versa, pode ser de amigos, afinal o amor  esta presente em  todos os momentos de nossa vida. Basta prestar atenção…
Muitas vezes nos iludimos por certas palavras, gestos e até formas de carinho, porém a partir do momento que deseja receber, tem que estar ciente que nem sempre vai saciar a carência da sua parte, afinal, ninguém, EU DIGO, NINGUÉM, tem o poder de fazer a gente feliz, a única pessoa que pode fazer isso, somos nós mesmo, então, para que esperar  o outro te fazer feliz a vida inteira, seja feliz por você , porque o outro sempre será coadjuvante na sua bela estória, chamada VIDA.
Então não se iluda, não crie máscaras. Você tem o poder de escrever uma estória, onde a felicidade será a trama dessa fantástica aventura.

Foto: reprodução da internet.

Mostrar mais

João Marcos Scardoelli

Visagista, Hairstylist e Educador de L’Oreal Professionnel; " busco descobrir a estrela que existe em você".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios